sábado, 16 de setembro de 2017

Porcas Borboletas


Tem gente que lê Thomas Robbes
tem gente que fuma cannabis
tem gente que hora pra nozes
tem gente que da o forevis

Mais eu não sei
o que fui sou, se serei
vou la, vou cá
vem sendo livre vai vem, viver, tentar




Porcas Borboletas é uma banda e é um bando, que veio de Uberlândia, Minas Gerais, e em 2017 completa 21 anos de história.Desses em que os integrantes chegam a ser confundidos entre si, como fosse cada um a manifestação de uma mesma persona.Se os artistas são confundíveis, a banda é inconfundível. Quem já ouviu e viu o Porcas Borboletas que o diga. Shows arrebatadores, como se cada apresentação fosse a última coisa da vida. Arranjos originais, intercalados a levadas e refrões marcantes. Letras que, para além de poéticas, expressam uma visão de mundo um tanto quanto bizarra: ironia, amor e humor, no calor da madrugada. A banda toca um rock`n`roll cru, com influências diversas desde ritmos latinos, mesclando samba, reggae, bolero e psicodelismo com letras ora bem humoradas ora poéticas, de autoria dos vocalistas Danislau e Enzo Banzo. “Temos influência de Menudo até John Cage. Uma banda com 7 pessoas, fica difícil de falar das influências, cada um tem uma preferência e algumas coisas em comum. Itamar Assumpção é uma influência de todos, a lira paulistana dos anos 80, e coisas como Sérgio Malandro, tropicália, Luiz Caldas e tudo que rola por aí”, comenta Enzo Banzo. 

Se ainda não ouviu, vem curtir comigo:

A Passeio

Momento Intimo

Nenhum comentário :